Search
  • Ricardo Pinho

Diferença entre atividade física e exercício físico


Nos dias atuais não é segredo para ninguém que a prática de atividade física traz diversos benefícios para a saúde. Mas, mesmo entre profissionais da área, ainda existe uma certa dificuldade em compreender se atividade física é a mesma coisa que exercício físico. Bem, a resposta correta seria, sim e não. Como assim!?


Para tentar explicar, vamos começar com a definição de atividade física. Apesar de existirem algumas definições bem técnicas sobre o que é atividade física, podemos definir a atividade física como um comportamento voluntário ou intencional que envolva contração dos músculos esqueléticos e resulte em gasto de energia acima dos níveis de repouso (quando você está deitado ou sentado em repouso). Assim, dentro desta definição podemos trazer diversos exemplos como lavar o carro, jogar futebol, cortar a grama, ir caminhando ao mercado, pintar a casa, entre muitos outros. Como você pode ter notado, a atividade física pode ser realizada de diferentes formas, no entanto, quando o objetivo é melhorar ou manter a aptidão física (força, resistência, condicionamento cardiorrespiratório, flexibilidade, equilíbrio, composição corporal, etc.), passamos a chamar de exercício físico. Acredito que aqui você já consegue perceber onde a atividade física se sobrepõe e onde se diferencia do exercício físico.


Como mencionado anteriormente, sim, podemos considerar que podem ser a mesma coisa partindo do princípio que ambos são um comportamento que envolvem contração muscular e resultam em gasto energético acima dos níveis de repouso. Porém, não são exatamente iguais porque o exercício físico tem explicitamente um propósito relacionado a melhoria ou manutenção da aptidão física. Assim, podemos dizer que todo exercício físico é uma atividade física, mas nem toda atividade física é um exercício, pois o exercício é um subtipo da atividade física. Desta forma, você pode ter duas pessoas pedalando duas horas por dia, cinco dias por semana, na mesma intensidade, no entanto, uma vai para o trabalho de bicicleta e outra pedala no parque para melhorar o condicionamento físico. No primeiro caso o sujeito que vai de bicicleta para o trabalho estaria realizando atividade física, pois o objetivo é simplesmente se deslocar de um lugar para outro. No segundo caso a pessoa estaria fazendo um exercício físico pois possui um objetivo por trás da prática e este objetivo é relacionado à melhoria de componentes da aptidão física. Bem, agora que compreendemos as diferenças, a próxima pergunta que geralmente aparece é: qual dos dois devo fazer? Esta pergunta responderemos no próximo post!


Por prof. Adriano Akira F. Hino, PhD

Professor e orientador do Programa de Pós-graduação em Tecnologia em Saúde/PUCPR

79 views0 comments